Nova Iorque continua New York

Manhatan.jpeg

“Depois de 10 anos retornei para visitar a cidade apelidada de Big Apple.

De lá para cá pouca diferença substancial, a enorme infraestrutura de Metrôs, milhares de taxes amarelos, os sons intermitentes das sirenes dos bombeiros, 21 milhões de pessoas disputando as poucas vagas nas filas de serviços. Museus, Central Park, Arranha-céus, pontos turísticos, Fantasma da Ópera, tudo…absolutamente tudo com densidade populacional.

Lembra da casa da vó no domingo? Parecia que sempre era esperado, independente do tamanha da família todos sempre bem-vindos; e como um toque de mágica tudo já estava na mesa, nunca faltava nada é sempre tinha espaço para mais um visitante desavisado. Infraestrutura, (elétrica, civil, saneamento, transporte, alimentação, internet…). Pois é exatamente assim que esta cidade se aparenta.

Nova Iorque continua a mesma, acolhendo todos, administrando o caos diário e harmonizando as diversidades como uma missão de vida.

Fazia tempo que não visitava a casa da avó, mesmo assim me senti em cada.

O que dizer então, simplesmente: organizada, leve e agora com Uber!

By Rui Francisco de Paula